21 comentários sobre “Drauzio Varella fala sobre respeito aos ateus e sobre excomunhão da igreja

  1. Prezado Professor, não é a primeira vez que comentário meu é excluído neste espaço.
    Infelizmente, sei qual é o motivo! mesmo assim, deixo-lhe os meus mais sinceros votos de um bom dia, com muita paz espiritual.
    Abraços Fraternos,
    Marilda Oliveira

  2. Professor Ozaí,
    Jeferson P.Leal parabéns pelas suas colocações. A abertura de tantas, e tantas crenças religiosas foi para confundir e desviar a conduta e fé do cristão. Estas entidades que enganam a população são unidas, em firme e estruturado propósito, ficando o cidadão prejudicado pelos enganos.O cidadão deve elevar o espírito, melhorar seu conhecimento, ler, pesquisar e finalmente descobrir a verdade! Quem é Quem!… Mataram Jesus Cristo. Porque?… Porque era um espírito elevado que queria nos levar ao conhecimento supremo, mas,… infelizmente, o povo não estava preparado para entender. JESUS!… passaram-se tantos anos, sabemos que a aristocracia continuou agindo para dominar, pelo poder, mas,… e o espírito dos cidadãos? nada evoluiu em conhecimento? mesmo condicionados a impensante pela monarquia, não leram o suficiente para entender a Verdade? Ação / Reação, povo brasileiro o importante é saber elevar a força Espiritual que cada um possui.
    Abraços Fraternos,
    Marilda Oliveira

    • Outra ovelha! Gostaria de entender porque elas ficam lendo estas coisas que consideram ofensivas às suas crenças. Engraçado é que os ateus também pensam que os cidadão estão sendo enganados pela hipocrisia dos religiosos. E aí, como ficamos? Se não gosta do assunto, vai encher o blog de outros.

  3. O meu colega Dráuzio Varella está cheio de razão no que tange às críticas impostas por si ao Catolicismo. Realmente, o que dogmatiza acaba por se fanatizar. Respeito o seu ateismo, só não consigo entender por que um homem tão inteligente não se fez ainda a seguinte pergunta: Como pode este Universo ter vindo do nada. Nada vem do nada. Alguém infinito o criou, este, pois, seria o DEUS; a não ser que admitamos que o Universo é infinito, ou seja, ele seria, então, o Deus de quem falamos! Mas que ele há, há!!! Quanto ao resto, repito, nada a acrescentar: Religião é isso mesmo, é sinônimo de idiotização! Forte Tríplice Fraternal Abraço.

  4. Bom, respeitar a pessoa Drauzio Varella, é obrigação de todas as outras pessoas.
    Respeitar as bobeiras que ele diz é outra estória.
    Primeiro, é impossível e imcompatível associação entre Cristianismo e Teísmo com teoria da evolução.
    Uma pessoa que se diz cristão falar que acredita em teoria da evolução, está desinformado.
    Segundo, o pobre do Darwin não tinha microscópio gente, caramba… Se ele tivesse um com certeza não teria teorizado essa idéia, que hoje já está ultrapassada.
    Sugiro que leiam alguns artigos, que são na maioria “científicos” (para não dizerem que é papo religioso), sobre o Design Inteligente.
    Por que existem animais desde a pré-história vivinhos até hoje sem evoluirem? Isso de acordo com arqueólogos e cientistas. Por que hoje em dia não vemos mais animais evoluindo? Estacionou o sistema evolutivo?
    Saindo do campo biológico e entrando no campo físico – químico, como explicar a interação entre elétrons e prótons, por exemplo? Como explicar que esses prótons e elétrons não são formados de matéria? Como explicar que a menor parte da matéria que não é matéria que aprendemos na escola é energia ou coisa parecida?
    Não sou contra os ateus, sou contra a idéia de ateísmo, pois é muito pobre. Muito casual.
    Alguém achar que existe por acaso é muita pobreza de espírito.
    O Drauzio é muito fraquinho de idéias, desconsidera em seu raciocínio toda a história da filosofia, a metafísica, a religião que mais distorcida que possa estar nos dias de hoje, foi de onde nasceu a verdadeira ciência que está sendo estirpada do mundo hoje pela fraude científica, como aquecimentos globais da vida.
    O cara ainda é vidente ou tem máquina do tempo, disse o lugar onde o meteoro caiu e afirma que acabou com os dinos tadinhos. Conta outra né. Para quem não sabe, é utilizado um cálculo através da meia-vida do Carbono 14 para determinar datações de fósseis, isso é uma teoria, não quer dizer que é verdadeiro.
    Nem vou falar do resto do vídeo que já estou de saco cheio dessas estórias velhas e furadas.
    Vamos estudar de verdade galera, pois Drauzio Varella não da futuro à niguém.
    Abraços

    • Ô, ovelha. Pra tu entender deste assunto precisa nascer de novo. Então fica quieto e vai olhar os sites evangélicos.

      • Olá Eliana,

        Uma pergunta, você está de TPM e resolveu justamente nesse momento entrar no blog do prof. Ozaí e descarregar seus hormônios?
        Bom, pelo menos me chamou de ovelha, um animalzinho fofinho.

        Outra coisa, quando você estiver disposta a questionar de forma clara e produtiva, volte a comentar algo. E para sua tristeza não sou protestante.

        Minha crítica ao Dráuzio, não é por ele ser ateu e sim por apoiar o Darwinismo. Que foi muito importante na época (méritos a Darwin), mas hoje está ultrapassado.
        Hoje temos microscópios, física quântica, LHC, etc.

        Saudações!

  5. Sou cristã mas não aceito a dogmatização da Igreja “instituição dos homens”e não assente na lei das palavras de Jesus “amai-vos uns aos outros “e amar tem muito que se diga =compreender,tolerar e aceitar as diferenças .Cristo não veio nem para punir e muito menos para se dogmatizar. e escravizar as consciências.Trouxe um sopro novo às consciências -a liberdade de pensar com respeito pelo outro.Não tem dois pesos nem duas medidas.
    A intervenção do DR,Drúzio é bem pertinente -acordou tabus sob a batuta de uma Igreja que insiste em permanecer nos bastidores orquestrando o modus vivendi das pessoas .
    Aceitar o ateu por si só ,é olhar para o mundodo ponto de vista do direito.Ameu ver nós somos aquilo que acreditamos .
    Obrigada Dr,Drúzio pelo seu profundo humanismo e sobretudo pelo que permitiu implicitamente deu a reflectir . Deus está para além do que se apregoa .
    Maria fernanda de Sá Pires

  6. Caríssimo Ozaí
    Nietzche ficaria surpreso talvez ao constatar uma discussão como essa em pleno século do apocalipse. A neurociência prova que a crença nos consola, seja na existência ou na negação de Deus. Sem dúvida, o depoimento do Drausio Varella enriquece o debate e nos conduz à reflexão. Crer ou não crer deixa de ser um dilema shakesperiano. Abraço
    Paulo Carneiro

  7. Sou cristã, porém achei bastante maduras as colocações de Dranúzio Varella. Elas não foram colocações desrespeitosas e de maneira militante como costumam atuar alguns ateus ou critãos. Parece-me que os casos de pedofilia não foram resolvidos dessa forma tão banal. Isso também não pretendo expor argumentos, pretendo enxergar e viver os horizontes de tantos padres que fazem o bem a tanta gente como também outros seguidores de Deus. Sei que nenhum argumento humano anulará a fé que tenho em Deus, porém respeito verdadeiramente os ateus não militantes.

    OBRIGADA
    SANDRA

  8. grande postagem, Ozai. Drauzio Varella, que eu so conhecia pelo seu grande livro “Estaçao Carandiru” responde plenamente ao que a sociedade espera de um intelectual: largueza de vistas, informaçao solidade e articulada, integridade e capacidade de compreensao e reaçao em tempo real.
    obrigada.

  9. Muito bom e de extrema relevância o Dr. ter alertado sobre as consequências sociais da dogmatização da Igreja. Felizmente, depois da morte de Deus se denominar ateu faz tanto sentido quanto criar uma denominação específica para quem não crê em dragões, unicórnios, fadas, etc. e assim se denominar. Creio que dizer-se ateu é a melhor forma de se fazer entender pela maior parte da população, tal como o Dr. Dráuzio Varella fez.

    Abraços.

  10. Muito bem posicionado o Dr. Varella, ao contrário dos que pensam que ser ateu é ser hipócrita, o Dr. nos mostra que ser sincero com suas convicções é o melhor caminho para se ter respeito po parte dos minimamente inteligentes, pena que alguns com medo dos castigos divinos não se declarem ateus muito embora não saibam o que significa seguir a Deus.

  11. Prezado Ozaí:

    Como sempre, uma exposição brilhante do pensamento do Dr. Dráuzio Varella envolvendo temáticas tão polemicas como religião, igreja católica e aborto. Imperdível para quem tem sede da verdade e do conhecimento. Irrelevante para as ovelhas.

  12. Sou cristão, não segundo a instituição mas segundo os princípios de Cristo e do Evangelho, e concordo plenamente com a posição do Dr. Drauzio. A lei do Evangelho é o amor e não um processo de dogmatização, alienação e escravização da consciência de qualquer que seja a pessoa diante de suas convicções pessoais, subjetivas. A lei deste amor conforme o Evangelho ensina que devo ser o próximo do outro, seja lá quem for, resgatando-lhe a dignidade e alegria do viver. A única pessoa sobre a qual o Evangelho afirma que Jesus exerceu juízo foi contra os “sábios”, entendidos e hipócritas “mestres da lei”, senhores da religião, que torciam os princípios de Deus para escravizar mentes e consciências, bem como punir e estabelecer juízo sobre aqueles que pensavam diferentemente. Basta de 1700 anos de martirização, mentiras e hipocrisia.
    Drauzio, antes de ser ateu, conforme sua livre escolha e decisão de consciência, é um ser humano, meu irmão de humanidade, é pessoa, deve ser respeitado e ouvido como tal.
    Obrigado por suas meditações Drauzio !!
    Obrigado por suas inquietações Ozaí !!
    Aguardo mais !!

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s