O socialismo em debate

Poderia ter ficado em casa e acompanhado a espetacular vitória do Palmeiras sobre o time baiano. Poderia ter ido ao CINEUEM assistir ao filme Os outros – só ver a atuação da bela Nicole Kildman já teria valido a pena. Ainda havia a opção da palestra Veredas marxistas no pensamento social brasileiro: Caio Prado Jr. e o Grupo de Estudos do Capital (USP). Também podia ter permanecido no lar e dar seqüência às leituras, navegar pela rede, assistir a um filme no computador, ao programa político na TV, ou, simplesmente, gozar o ócio na esperança de que se revelasse criativo. Mas decidi ir ao debate Socialismo em perspectiva, promovido pelo Instituto Paranaense de Estudos Geográficos, Econômicos, Sociais e Políticos (Ipegesp), com a participação de representantes do PT, PV, PCB, PSOL e PSTU – o PC do B foi convidado, mas não compareceu. Ouvi atentamente a fala dos convidados e fiz anotações. Salvo o representante do PV, os outros são velhos conhecidos e mantemos relações acadêmicas e fraternais. Procurei abstrair este fato e analisar do ponto de vista meramente político. Fiz algumas perguntas.

O candidato à presidência pelo PCB afirmou que transformação neste país só mesmo com revolução. Diante disso, perguntei aos companheiros do PCB, PSOL e PSTU: por que participar do processo eleitoral? Se a democracia é burguesa, a mídia exclui as candidaturas da esquerda e a disputa não se dá em condições iguais, não seria mais eficaz fazer campanha crítica pelo voto nulo? Se estes partidos não têm chances eleitorais e, inclusive, nem conseguem se unir e apresentar candidato único, faz diferença votar nulo ou num deles?

Foi interessante a defesa do representante do PSOL sobre as particularidades do socialismo em cada país. A seu ver, devemos respeitar o socialismo chinês, o cubano, etc., pois cada povo constrói seu próprio caminho a partir das suas condições e culturas. Fiquei a pensar se o PSOL teria alguma chance de existir na China. Pareceu-me um relativismo que desarma a crítica aos governos que se autodefinem comunistas. Se tudo é socialismo, então, o que é socialismo?

Lembrei-me das mulheres iranianas condenadas a morrer por apedrejamento ou enforcadas. Devemos simplesmente aceitar por respeito à cultura daquele país? Fui lembrado de que existe a pena de morte nos Estados Unidos e que a forma de punição é definida por cada povo a partir dos seus valores e etc. Evitei redargüir, mas poderia argumentar que também sou contra a pena de morte no Irã, aqui ou nos Estados Unidos. A dualidade ocidente versus oriente arrisca-se ao maniqueísmo. Tanto cá quanto lá, há costumes e valores passíveis da crítica.

A certa altura, o representante do PSTU disse: “Nós, enquanto classe trabalhadora, classe operária…”. Pensei: mas quem concedeu o mandato para se falar em nome da “classe”. Seu discurso reafirma o partido de vanguarda. Questionei e ouvi o que já sabia: a teorização sobre o papel revolucionário do partido, a necessidade da vanguarda, a tática da política eleitoral, a referência a “Esquerdismo, doença infantil do comunismo”, de Lenin, etc. Surpreso, vi-o devolver a “provocação”: eu seria ainda mais “vanguardista”. A resposta me fez pensar sobre a minha postura política. Longe de mim, porém, querer exercer qualquer papel de vanguarda. O meu “pecado” talvez seja exatamente o oposto…

Sobre o PT, compreendo que seu representante se considere socialista e que o partido tenha resoluções sobre o tema. Não se pode analisar apenas pelo que dizem de si mesmos. Por que será, porém, que os socialistas permanecem no PT? Quanto ao discurso do representante do PV, penso que a frase do Plínio (PSOL) à Marina (PV), resume tudo… “Ecocapitalista”!

39 comentários sobre “O socialismo em debate

  1. i found your site to be a wealth of relevant information to the subject i have been searching for?
    thankyou for you effort and time in prividing this great information..
    great site and info
    thanks

  2. Olá! Primeira vez que visito seu blog, gostei da sua análise crítica e de sua iniciativa de ir a este debate.
    Adorei sua pergunta sobre as eleições! Se alguém é contra eleição, não participe!
    Pronto, não tem porém. Por que usar da imprensa burguesa para fazer propaganda? Que divulguem o socialismo com suas ações, igual tem ocorrido na India, que tá em processo de Guerra Popular Prolongada! ISSO é socialismo, marxista, científico.
    O cara pode ser pelego, governista, fascista, o que for… Mas tem que assumir o que. Melhor um fascista na teoria, que sua prática condiz… Do que esses manés, oportunistas e reformistas, que se dizem marxistas, mas que são grandes traidores!

  3. Perdão, publiquei por acidente, eu não havia terminado de escrever.

    E temos, para nossa chateação e enfado, os autoproclamados vanguardistas. Esses só são vanguarda para si mesmos, sem se darem conta disso. Eu participei da fundação do PSTU, fui desse partido alguns anos, e uma de minhas reminiscência em relação ao partido é sobre uma conversa que tive com uma companheira a respeito dos problemas da juventude segundo a ótica dos movimentos sociais. A certa altura, a companheira disse:”Eduardo, seu erro é insistir em ficar buscando referências fora do partido”. É lamentável.
    Por outra, temos a contribuição atual de José Arbex Júnior, sobre as perspectivas e o contexto para a construção de um novo partidos de esquerda no Brasil, realmente popular, que tivesse como centro da política a destruição do Estado que conhecemos, isto é, sem jamais atrelar-se a ele. Esse tipo de proposta me deixa entusiasmado, mas como seria isso? Em minha opinião, só faria sentido se se tratasse de um partido de NOVO TIPO, isto é, absolutamente diferente de todos os partidos da história brasileira.
    Como é complexo esse assunto da esquerda.
    Sem que tenhamos clareza em relação ao que é esquerda, ao que nos define como esquerda em nosso trabalho político e cultural, ao cotidiano desse trabalho e às nossas relações entre nós mesmos, não poderemos dizer nada sobre o socialismo.

  4. Amigos, tenho certeza de que irei ao túmulo sem ver um movimento político genuinamente socialista, ou pelo menos isso tem grande chance de ocorrer. Este seria um momento muito oportuno para que algum movimento mais heterodoxo propusesse uma refundação da própria esquerda nos termos apontados pelo pobre Marx — ai, pobre homem, o que fizeram e fazem em nome dele é comparável ao que fizeram e fazem de um Jesus Cristo, embora seja uma comparação obviamente forçada.
    Mas, vejamos. Que esquerda, hoje, propõe uma livre associação entre os trabalhadores, rumo à experimentação de iniciativas econômicas e sociais tendo por princípio a construção de um rol de riquezas comuns, e que reivindique um regime político absolutamente democrático, necessariamente oposto ao que os partidos são capaz de oferecer? Existem os movimentos sociais que apoiamos, mas estes estão muito muito longe de representar uma alternativa como alguma coisa viável para este momento, não apenas por uma questão de correlação de forças, mas por aparelhamento mesmo. Isso existe. É o que viciou e paralisou o movimento sindical classista bem antes de Lula tornar-se presidente, são problemas políticos e de outra ordem, poderíamos dizer as coisas mais graves sobre o surgimento de “categorias” profissionais de dirigentes endinheirados não só nos partidos, mas até mesmo em alguns movimentos sociais.

  5. QUERIDO PROFESSOR,
    O DEBATE É NECESSÁRIO. O NÍVEL DO DEBATE É QUE MERECE RESSALVA.
    o MEMBRO DO PCB DIZ QUE PARTICIPA DO PLEITO ELEITORAL PARA DIVULGAR AS PROPOSTAS DO PARTIDO. ORA, ATÉ O TIRIRICA AQUI EM SÃO PAULO CONSEGUE DIZER ” PIOR DO QUE TÁ NÃO FICA” VAMOS FALAR SERIAMENTE. aS ELEIÇÕES SERVEM APENAS PARA LEGITIMAR A DECLARAÇÃO DO 8º HOMEM MAIS RICO DO MUNDO EIKE BATISTA QUE NO PROGRAMA RODA VIVA DISSE QUE PAGA PARA MANTER AS UNIDADE DE POLÍCIA PACIFICADORA NA FAVELA DA ROCINHA DISSE AINDA QUE PAGOU R$ 670 MILHÕES DE IR. ORA, PARA QUE ELEIÇÃO? DEVEMOS LEVANTAR A BANDEIRA DA REVOLUÇÃO DEMOCRÁTICA ININTERRUPTA AO SOCIALISMO PARA CONFISCAR A APROPRIAÇÃO DO SUBSOLO FEITA PELO EIKE BATISTA ATRAVÉS DA VALE DO RIO DOCE O RESTO É QUE É CONVESA FIADA COMO A DO PALHAÇO TIRIRICA QUE SABE QUE QUANTO PIOR MELHOR.
    UM ABRAÇO DEMOCRÁTICO E FRATERNAL.
    DESCULPE A ÊNFASE MAS NÃO É CONTRAO SENHOR E SIM CONTRA OS COMENTADORES.
    ANTONIO ZENIVALDO COELHO

  6. Eis a grande questão : que Socialismo ?

    Pessoas, até bem intencionadas, infelizmente se perdem num verdadeiro caldeirão de “socialismos”, cada um reivindicando a famigerada “vanguarda” rumo à tão utópica revolução social.

    Eis aí, também, a grande contradição dos que se julgam “socialistas” : proclamando, por um lado, o não menos famoso “uni-vos”, por outro separam-se e divergem-se numa verdadeira disputa pela herança da Revolução.

    É estranho, mas o Socialismo já teve a sua vez. E onde quer que tenha se instalado, revelou-se, na prática, bem distante do que realmente propunha.

    É de se perguntar onde é que iremos parar com tudo isso …

    Parabéns pelo blog, Ozaí .

  7. Muito ja falou sobre socialismo questiono o que e realmente o capitalismo aqui uma simplificação.

    A imprensa está trabalhando com afinco para criar um dos maiores mitos da história: o mito de que a atual crise financeira é resultado direto da liberdade econômica e do capitalismo laissez faire. “[Nicolas] Sarkozy diz que a economia ‘laissez faire’, a ‘auto-regulação’, e a visão de que o ‘todo-poderoso mercado’ sempre sabe o que é melhor acabaram”.

    O capitalismo laissez faire tem um significado muito bem definido, mas que é totalmente ignorado, contradito e categoricamente corrompido por declarações como as de cima. O capitalismo laissez faire é um sistema político-econômico baseado na propriedade privada dos meios de produção em que os poderes do estado são limitados à proteção dos direitos do indivíduo contra a iniciação de qualquer força física. Essa proteção deve ser utilizada sempre que houver alguma iniciação de força física da parte de outros indivíduos, de governos estrangeiros e, mais importante, de seu próprio governo. Essa última função é realizada por recursos como uma constituição escrita, um sistema de divisão de poderes com pesos e contrapesos, uma explícita declaração de direitos, e uma eterna vigilância exercida pelos cidadãos . Sob o capitalismo laissez faire, o estado consiste apenas e essencialmente de uma força policial, tribunais de justiça, e uma força de defesa nacional, que reprime e combate aqueles que iniciarem força física. E nada mais.

    De acordo com a visão deles, o capitalismo laissez faire e a liberdade econômica são uma fórmula para a injustiça e para o caos, ao passo que o governo é a voz e o agente da justiça e da racionalidade nas questões econômicas. Tão firmemente eles mantêm essa crença que, quando vêem algo que pensam ser evidência de injustiça e caos em larga escala no sistema econômico, tal como ocorreu na atual crise financeira, eles automaticamente presumem que isso seja o resultado previsível da busca pelo interesse próprio e da liberdade econômica que torna possível essa busca. Dada essa atitude básica, o princípio que guia os “jornalistas” contemporâneos é a idéia de que sua função é encontrar os empresários e capitalistas que são responsáveis pela maldade e os funcionários do governo que deram a liberdade para eles cometerem esse mal. Finalmente, uma vez cumprida a missão acima, a tarefa final passa a ser identificar e apoiar as políticas de intervenção e controle governamental que supostamente irão eliminar o mal e impedir sua repetição no futuro.

    Muito além disso está o fato de que a responsabilidade real pela(s) crise(S) financeira(S) jaz precisamente nas maciças intervenções governamentais criando distorções na economia criando bolhas de desenvolvimento.

    (Sem censura por favor)

    • Concordo plenamente!!!

      Hoje o poder está nas mãos dos consumidores, por maior que seja uma empresa! Se um produto é ruim, paramos de comprar.
      Claro que as pessoas deveriam se interessar para poder decidir, coisa que no Brasil é raro! Adquirir conhecimento, ta loco, querem tudo pronto e de mão beijada.
      Agora a partir do momento que o estado controle uma empresa, como é que vamos fazer com que ele melhore sua qualidade? Não há pra quem recorrer…
      Atualmente o podre estado brasileiro, já vem dando exemplo de como cuidar de uma empresa de tecnologia nacional. Nossa querida Petrobrás.
      Como assistimos essa semana, a Petrobrás perdeu o lugar de melhor e mais valiosa empresa do país para a Vale. Por que? Por imcompetência e intervenção do estado.
      A Vale só não teve o mesmo rumo pois foi privatizada!!! Foi contra a uma grande pressão de Petistas e Socialistas que de mercado não entendem nada e hoje é a melhor e mais valiosa empresa do Brasil!!

      Viva a Vale!!!

  8. Professor não entendi o significado do seu post. Se era para confirmar o obvio,para que foi?

    Bom, sou do PCB, e apoio as escolhas do meu partido. Veja bom é claro que eles já disseram isso, mas nós usamos a campanha para fortalecer o partido e nossa causa. Usamos o espaço,que é muito pouco e por isso somos obrigado a reduzir,ficando assim uma coisa confusa, para denunciar o sistema e propor alternativa.Propomos a nossa,porém o espaço é aberto.Ainda somos marxistas lenistas,por isso mesmo não defendemos o voto nulo,até por que isso não resolve.Cadê o pensamento anarquista,que você é simpatizante,se eu não me engano.

    Tem gente que criticam os outros, mas pior do que os outros fazerem isso, na verdade, é não enxerga a tragédia do próprio ato. (frase não direcionada para você e sim para alguns comentaristas que não respeita o que defendem)

    Em relação ao debate, “qual o socialismo”?
    Bom o socialismo=justiça social é um campo amplo, temos os socialistas não marxistas e os marxistas por exemplo. Qual é o socialismo?Eu defendo o meu, mas concordo com outra vertente mesmo que seja em parte…

    Bom, se eu disser que o certo é “stalinismo” estarei sendo sectário e não respeitando a escolha do outro. Se eu disser que temos que respeitar o socialismo cubano, por exemplo, serei um relativista?
    No entanto acho que podemos aprofundar o debate em cima da crise da modernidade e dos conceitos dos campos modernos. Marxismo e liberal pro exemplo. Qual é o caminho?Não sei… Ainda fico com as explicações e soluções do marxismo clássico…
    Bom o debate é necessário, mas ainda e sem objetividade em termo cientifico relacionado à coletividade.

  9. Olá professor Antônio Ozaí, infelizmente temos que tolerar as opiniões patéticas dessas “vanguardas” que falam em nome do socialismo. Se a humanidade quer chegar ao socialismo deve imediatamente denunciar aquela farsa que foi a segunda internacional que simplesmente deturpou o marxismo e excluiu as correntes anarquistas. Como bem lembrava Mauricio Tragtenberg, a segunda internacional constitutiu-se na formação de partidos políticos, que se aspiravam a conquista do Estado. Não foi à toa, que o partido social-democrata alemão apoiou a primeira guerra mundial. O Bolchevismo nada mais foi que a radicalização da social-democracia na conquista do poder exercida por uma vanguarda a “serviço do proletariado”. Deu no que deu. O socialismo foi a maior mentira inventada no século XX, na verdade o que se construiu foi o Capitalismo de Estado, um tipo de capitalismo que só poderá ser usado em países subdensenvolvidos de baixa industrialização. O leninismo, trostkismo e outras demais correntes estão fora de moda, pois é improvável imaginar no futuro que haverá revoluções nacionais baseadas na conquista do Estado, visto que atualmente a economia é globalizada. Além disso, é impossível ter uma inter-estatização no mundo para a passagem do comunismo. aliás não existe nenhuma transição do socialismo para o comunismo, pois essas palavras são sinonimos. Afinal o que há de diferente entre o que é social e o que é comum? chega de ismos. O socialismo só será alcançado quando houver autogestão e destruição de qualquer poder, fora disso é apenas conversa fiada.
    Muito obrigado professor, por me conceder esse espaço e gostaria que o senhor respondesse essas minhas observações.

  10. Caro Pedro Valadares,

    Se occorer o que você mencionou, de discriminarem alguém por sua conduta sexual, cor de pele, gosto musical, o que seja. Isso poderia ocorrer, por exemplo, através de uma agressão verbal direta ou com a utilização de alguma palavra de forma pejorativa em público contra essa pessoa.
    Para resolver isso basta a pessoa atacada ou ofendida, processar a outra.
    Esse recurso já existe meu caro, e só a pessoa exercer seu direito de cidadão.

    Agora não é necessário fazer uma lei para proteger um grupo de pessoas (no caso os homossexuais, mas serve para negros também), porque já existe lei para TODOS os cidadãos.
    Conseguiu me entender agora?

    Por trás dessa lei há outras motivações meu caro, pode ter certeza.
    Dá uma ouvida: http://www.youtube.com/watch?v=eDyx-lZ0Vxc

    Saudações!

  11. Por que será que o senhor Jeferson não responde aos correspondentes? Ou será que o mesmo é um militante clandestino de direita?

  12. Querido Professor, aqui escrevo de leitor para escritor.
    me admiro o Sr. levantar a lebre para este grupode de estudos do qualparticipou o professor Fernando Henrique Cardoso e a elite paulistana. além do mais até no Jardim América as madames que não têm o que fazer como a Sra. Milú Vilela dona do Itaú faz curso de filosofia e discute o socialismo para assim fugir da frivolidade e da futilidade de sua vida burguesa. além do mais no mesnifesto comunista marx fala de socialismo feudal, burguês, católico etc., ora, falar de discutir o socialismo com quem não é socialista como o pv e os outros partidos trotskistas com a devida vênia é perdade de tempo além do mais quem participa de eleição burguesa não é socialista. agora vamos discutir socialismo aqui em são paulo na invasão dos sem-teto os nas favelas. aí sim se discute socialismo o resto é socialismo de boca e farsa burguesa.
    por favor professor não me interprete mal mais seria melhor ter visto o jogo do palmeiras contra o time baiano.

    • Caro Antonio,

      obrigado por ler e comentar o blog.
      A qual “grupo de estudos” vc se refere? Se é o Instituto citado no texto, nada tem a ver com sua referência. É uma iniciativa local (aqui em Maringá, PR, sul do país) e recente.

      abraços e tudo de bom,

      • Prezado Senhor,
        me refiro aos seminários sobre o marxismo para a leitura de O capital realizados em São Paulo pelo Cebrap.além do mais , sabe-se que a partir dos seminários a FFLCH da USP ficou mal vista pelos militares o que acarretou as aposentadorias compulsórias de alguns de seus professores pelo regime autoritário.
        aproveito para dizer que recentemente folheiei uma edição mais recente do seu “história das tendências” assim vale a pergunta : houve uma atualização ? de quando é a última edição?
        sem mais para o momento um abraço.

        ANTONIO ZENIVALDO COELHO

  13. Bom dia, Professor!

    Trabalho para divulgar os eventos da Unisinos (http://www.unisinos.br) e estamos promovendo, juntamente com o Instituto Humanitas (http://www.ihu.unisinos.br/), o XI Simpósio Internacional IHU. Neste ano, o tema será O (Des)Governo Biopolítico da Vida Humana.

    Vamos contar com a presença de inúmeros professores da universidades nacionais e internacionais. E como o público do evento é de acadêmicos das áreas de humanas de todo o Brasil, pensamos que seria interessante aos leitores do blog. 🙂

    Tenho mais informações para repassar a você, se houver interesse, ok?

    Aguardo contato.

  14. Será que o Senhor Jeferson argumenta sempre assim? Mesmo na sala de jantar com a família? Senhor Jeferson, democracia é cada um pensar com a própria consciêncai. Seu comentário,ou seja, suas “balas de estalo”, prova sua mente autoritária.

    • Caro Glaudionor,

      Sobre meu comportamento já pedi perdão.
      Agora, não sou autoritário, expressei mal minha indignação contra pessoas que não merecem respeito, como Dilma, Lula, FHC, Fidel e toda essa militância mentirosa.
      Só procurar no you tube e ver vários vídeos que existem das contradições que essas pessoas cometem e principalmente das mentiras que se esquecem.
      Por isso o Brasil não tem mais voz contra nada, respeitam demais essas pessoas.
      “Nenhum mentiroso tem uma memória suficientemente boa para ser um mentiroso de êxito.”
      Essa frase cai como uma luva para essas pessoas que citei acima.

      Saudações!

  15. Olá Ozaí,
    “EXERCICIO MENTAL”
    Se engana aqueles de pensamento atávico. O Socialismo não está morto. Agora, os pequenos inlectuais de boteco brasileiros se nenhuma criatividade.
    É desconhecer totalmente a História.

  16. Prezado Ozaí
    Louvável a discussão entre os Partidos que ainda se dizem de esquerda, socialistas e comunistas.
    Sobre isto nada tenho a dizer, além do louvável, mas o que me intriga é ver como ainda as palavras comunismo e revolução despertam e fazem aflorar o arraigado anti-comunismo e o mais perverso e intrínseco reacionarismo de determinadas pessoas.
    Parabéns a ti e ao teu infatigável trabalho em prol do esclarecimento tão ausente nos dias de hoje.

  17. esses moços, pobres moços….

    teimam em repetir leituras desgastada pelo tempo e pela prática: o socialismo por eles almejado é o poder de estado centralizado nas mãos dos seus partidos, e essa visão será por todos os séculos e séculos… amém!

    • QUERIDOS COMPANHEIROS DE BLOG. O ESTADO NÃO É ESTE ENTE SOBRENATURAL DO QUE FALAM . DE FATO. O ESTADO É O REPRESENTANTE DA DITADURA DE UMA CLASSE SOBRE A OUTRA NO CASO DO CAPITALISMO DA BURGUESIA SOBRE OS TRABALHADORES. NO SOCIALISMO DOS TRABALHADORES SOBRE A BURGUESIA E NO COMUNISMO COM O DESAPARECIMENTO DAS CLASSES DESAPARECE O ESTADO. O RESTO É METAFÍSICA. ANUNCIOU QUE FUI CENSURADO EM OUTROS BLOGS E DORAVANTE PASSO A EXPRESSAR MINHA OPINIÃO NESTE.
      OBRIGADO PELO ESPAÇO PARA COMENTÁRIOS HÁ OUTROS BLOGS ONDE OS COMNETÁRIOS SEQUER APARECEM.
      ANTONIO ZENIVALDO COELHO

  18. Precisamos rever,o que é socialismo?e tantas outras “coisas” com nomes e varios nomes ,penso eu ; só existe um sistema em todo mundo. PODER !!!!!!!!! em todos os setores. Nada mais importa em todas as areas; PODER E PODER prevalece, o mais simples ao mais absurdo todos querem o PODER. E ninguem está podendo nada,porque não há ninguem com poder de ter poder para resolver coisa nenhuma. Muita gente brigando pelo mesmo pote,ele acaba se quebrando e o que resta é só poeira e ninguem pra varrer e colocar outro no lugar, eles fazem a sujeira e somem ,e quando voltam ainda são aceitos pela maioria. O luta ingloria!!!

  19. Pateticos esses vanguardeiros de si mesmos e suas ideias totalmente deslocadas da realidade. Certamente eles nao estao sabendo que a China hoje é mais capitalista que o Brasil e a unica coisa de “socialista” que sobrou é um Estado autocrático, próximo do modelo orwelliano de 1984, ou seja, a velha ditadura do partido comunista, uma plutocracia que na China até funciona com base no mérito e no esforço individual (dos membros do PCC, que precisam se comportar como escoteiros, até chegar a hora de começar a usufruir das benesses de ser quadro do partido, e aí fazer o patrimonio com base na corrupcao controlada).
    Quanto aos EUA, sinto contradize-lo; NAO existe pena de morte nos EUA, e sim existem essa punicão em pouco menos da metade dos estados federados, que são livres para definir o seu sistema penal. A União não tem nada a ver com isso, e não é objeto constitucional. As pessoas tem falsas ideias sobre os EUA porque na verdade ignoram como funciona o seu sistema politico.
    Paulo R. Almeida

    • Paulo,

      muito obrigado por comentar.
      Agradeço por sua lição sobre os Estados Unidos, mas não precisa o “sinto contradizê-lo”. Não houve isto! Meu conhecimento sobre as coisas do mundo é modesto, mas sei um pouco da história dos Estados Unidos e que a pena de morte, como outras leis, é prerrogativa dos estados da federação – aliás, assisti um filme interessante sobre este tema: “A vida de David Gale” (você conhece?!). De qualquer forma, e desculpe a redundância, se há “Estados” nos Estados Unidos que adotam a pena de morte, então há a pena de morte nos Estados Unidos. rsrsrs

      Abraços e ótima semana,

  20. Se fosse depender da nossa “esquerda” eu já seria um cético, mas ainda acredito que o socialismo seja a única alternativa. Gostei muito do que você escreveu, a atuação política desses partidos é simplesmente patética e sem fundamentação no socialismo ortodoxo de Marx e Engels, são releituras de socialismo que só servem para confundir a cabeça da classe trabalhadora que se vê representada por tantas direções mas que na realidade não é representada por nenhuma. Acredito na organização através de partidos políticos, mas não tenho exemplos de partidos que defendam os interesses da classe trabalhadora, portanto voto NULO, sem nenhum peso na consciência de estar me abstendo de meu direito democrático, pois prefiro não participar do grande espetáculo que é o circo da democracia burguesa!

  21. Estimado Antonio
    Bom dia!
    Vejo que tens opções. Não tenho certeza se o mesmo se dá em Caxias do Sul, RS, mas pode que num mesmo momento tenhamos interessantes colóquios. Mais ainda não raro ficarmos em dúvida de por qual optarmos (em qual evento estar presentes). O paradoxal é que essa possibilidade existe num país capitalista. Não raro a frequência a esses eventos é limitada, o que demonstra que contiunamos falhando em nosso propósito de divulgar a possibilidade (propósito) das mudanças sociais, estruturais, economicas, políticas, culturais, etc. O pouco que sabemos indica que nos chamados países de socialismo real esses debates não seriam possíveis em pleno século XXI. As esperiências marxistas não demonstraram na prática serem democraticas e garantidoras da livre manifestação. A teu exemplo respeitamos a diversidade, consideremo-la instrumento fundamental da democracia, estranho não obstante a dificuldade da “vanguarda” em unir-se na ação, contra as mazelas sociais, tipo a fome, a reforma agrária, a escravidão, o salário minimo de fome, o analfabetismo, os escandalos, etc.
    Cordialmente
    Pedro

  22. Partido com “socialista” na sigla é filhote eleitoreiro do PT – professor, funcionário público e estudante maconheiro. Partido com “comunista” na sigla é estadismo empresarial, que se vale das eleições pra militar comunismo ortodoxo – ex-terroristas, velhos bêbados e membros da UJS.

    Abraço.

  23. Se me disserem um país que tenha a mesma distribuição de renda dos EUA e seja Socialista viro socialista agora.
    Pelo que sei o socialismo deve levar ao comunismo, me corrijam se estiver errado.
    Agora comunismo é uma ideologia hipotética e idiota, pois cada pessoa tem um mérito por cada realização em sua vida, não pode-se tirar o direito a livre iniciativa e propriedade privada do individuo em benefício de pessoas que não tem mérito algum em nada.
    O PT tem uma corja de vagabundos e sangue sugas de sindicatos que nunca trabalharam de verdade na vida. Que só sabem pular de cargos em cargos, como a ridícula canditada Dilma!
    Destaquei o PT pois é o maior partido e com maior número de idiotas úteis, digo, militantes.
    Que estória é essa Professor de que a mídia exclui as candidaturas de esquerda se no Brasil todos os partidos são de esquerda, ou seja, de caráter socialista???
    Ou existe algum partido conservador cristão???
    Esse candidato do PCB é um palhaço, só pode e ainda tem gente que dá ouvidos a essa corja. Revolução? Que revolução? Fazer todos acreditarem que todos somos iguais? Que ridículo!!! Nem vou considerar que ele tenha pensado em algum ato violento…
    Respeitar o socialismo chinês??? Cubano??? Tá de brincadeira???
    Meu Deus!!! Os caras torturam pessoas e matam porque discordam do estado e isso merece respeito????
    Quando as pessoas temem o governo, isso é tirania. Quando o governo teme as pessoas, isso é liberdade.
    Essa esquerda brasileira é um lixo!!! Não há um intelectual decente!!!
    Só há um bando de sociopatas achando que revolução resolve alguma coisa!!!
    O comunismo já deixou milhões de cadáveres como exemplo de retrocesso…
    O capitalismo não é perfeito, mas dá condições de superação por méritos!!
    Se há corporações que influenciam a vida das pessoas, é porque as pessoas permitem, pois se preocupam mais com coisas fúteis do que com coisas importantes que influenciam diretamente em suas vidas!!

    Se cada ser humano segui-se os princípios cristãos verdadeiros, não precisaríamos de sitemas econômicos e sociais!!!

    • Jefferson, muito coerente seu aparte, excetuando-se as ofensas , que são desnecessárias.

      Acho que as pessoas confundem solidariedade e respeito ao próximo com comunismo.

      A culpa das mazelas não é do sistema e sim das pessoas. Se existe desigualdade é porque há pessoas que se interessam em perpetuar a desigualdade.

      E, porfessor Ozaí, que revolução seria essa? Não consigo enxergar nada melhor que a democracia no momento.

      • Caro Pedro,

        obrigado por ler e comentar o blog.
        Concordo com a sua observação em relação ao post do Jefferson. As ofensas são desnecessárias e nada acrescentam à argumentação. Na verdade, o comentário está em desacordo com os critérios anunciados no blog – que não aceita-se comentários com ofensas pessoais, entre outros aspectos. Por isso, os comentários são moderados. Peço desculpas a você e aos leitores em geral.

        abraços e tudo de bom,

    • Caro Jeferson,

      Agradeço por ler e comentar o blog.
      É seu direito pensar o que quiser sobre socialismo, comunismo, capitalismo e qualquer outro ismo… Também é seu direito ser de esquerda ou de direita, ou o que quer que seja..
      Seus comentários são lidos e, imagino, contribuem para o diálogo com os demais leitores do blog.
      Contudo, para defendermos a nossa posição é desnecessário lançar mão de adjetivos ofensivos e pessoais. Não contribui em nada com o debate civilizado e, a meu ver, desqualifica a própria argumentação. Como informado no site, este blog não aceita comentários com ofensas pessoais… Por favor, leve isto em consideração da próxima vez que comentar.

      Atenciosamente,

      • Caro Professor!

        Peço perdão a você e a todos pelo descontrole emocional.

        Prometo que não ofenderei mais ninguém, mesmo sabendo que não é legal ofender algum ser humano por mais bandido que possa ser.
        Como cristão, não posso me deixar levar pelo ódio, mas como pecador sou passível de comer essa falha.
        Creio que sociopata posso utilizar né? Pois, para min quem coloca bomba em carros, sequestra e rouba bancos tem que ter alguma psicopatia, no mínimo.
        Infelizmente, para a história de nosso querido país, muitos dos líderes de esquerda que estão no poder hoje cometeram estes atos.
        Pena que nossa infeliz mídia golpista não tem um homen de honra se quer, que mencione isso claramente.
        Se estes atos fazem parte da revolução que querem esses homens de esquerda, estamos mesmo perdidos.
        Mas, acredito que hoje está na moda no pensamento socialista dos líderes políticos brasileiros, legalizar o aborto, legalizar as invasões de terra, controlar o jornalismo, principalmente na internet, criminalizar a maioria dos brasilileiros que são contra o homossexualismo, legalizar as drogas para as FARC virar S/A, etc.

        Temos que orar muito para que isso não ocorra!

      • Jefferson discordo de você. Não se trata de criminalizar quem é contra o homossexualismo. e sim quem discrimina uma pessoa por conta da sua escolha sexual. Você não precisa concordar, apenas respeitar.

        Dizer que estãop criminalizando quem é contra o homossexualismo é um sofisma. Apesar que, em alguns momentos, há um excesso de defesa a esse seguimento, o que beira ao paternalismo. Nisso, eu concordo com sue ponto de vista.

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s