Religião aproxima ou afasta?

Assim como a religião aproxima as pessoas, as crenças diferentes podem criar situações de desrespeito e enfrentamento: as guerras santas não ficaram no passado.
Reprodução autOrizada mediante citação da TV Câmara.

TV Câmara, 11.04.2009

12 comentários sobre “Religião aproxima ou afasta?

  1. Eu sigo uma religião desconhecida, que não tem nome…nem reza e nem “Santinhos ” etc… acredito em mim…. no que eu sou capaz de desejar e realizar!!! Não sou contra nem a favor dessas pessoas que frequentam uma igreja ou centro de umbanda, simplesmente respeito. Não podemos falar e mal dizer sobre coisas na qual não sabemos…que somos totalmente leigos. Eu sigo este pensamento e dele faço a minha vida acontecer. Prefiro acreditar em algo que exista de verdade… em mim.

  2. Na base do afastamento ou aproximaçao esta o ser humano que tem que compreender que vivemos num mundo global e diversificado em que todos somos diferentes eu penso que o problema nao esta na religiao ou na ideia politica mas sim no ser humano como um todo . Na base de tudo isto esta a educaçao os principios e o respeito pelo proximo so no respeito e no debate de ideias poderemos construir um mundo melhor ze maria

  3. Aproximar e afastar pressupõe um referencial.
    Logo enquanto a religião aproxima de uns afasta de outros.
    Religião é fé e como tal, dá ao fiel o direito da última palavra.
    Portanto, discutir religião só faz sentido entre os que professem a mesma fé ou a sua ausência.
    Não basta ter fé, há que se ter a mesma fé.
    Discutir fora desse balizamento, além de ser absoluta perda de tempo, pode se tornar perigoso, mesmo!

  4. É verdade que religião não foi inventada por deus, por nenhum deus; antes da religião dita Cristã, que teoricamente só tem 1 deus (é o 3 em 1), os povos antigos tinham muitos, milhares de deuses. O que havia de mais interessante nessas épocas, é que não faziam discriminação de gênero: cada deusa, uma mais linda que a outra… o homem não progrediu muito, pelo menos nesse aspecto. Bom, a verdade é que, pelo menos neste nosso Brasil, o indivíduo é Católico e Umbandista, Católico e Espírita, Católico e Kardecxista, e por aí vai. Há religiões e deuses paraa todos os gostos.
    A religião não impede o indivíduo de ser bandido, fraudador, corrupto, etc. Eu conheço (pessoalmente…) casos de padre, freira, frade, que “faturavam-se” uns aos outros e às mulheres dos crentes e, quando eu soube (sabe, nessa de jogar verde para colher maduro…), responderam-me que era para isso que existia a confissão. Confessou, pagou os padre-nossos e as avé-marias, recebeu o perdão e pronto – começa tudo de nove, porque deus não guarda rancor… perdoou, está perdoado. Depois, confessa, paga, é perdoado/a, e começa tudo de novo.
    Até que nem se pode dizer que tenham um deus antipático, insensível… afinal, foi ele que fez tudo isto que está por aqui – ele não sabe de etudo por antecipação?
    Ele está em todos os lugares, sabe de tudo (nem precisava de confissão…), vê tudo,e, melhor ainda, prevê tudo! Então, no mínimo, é conivente com tudo.
    Mas, depois, quando o carinha morrer e chegar para prestar contas a ele (uma espécie de TCU), se fode, com o perdão do termo. Vai para o inferno (que está cada vez mais quente e, se o cara chegar de uma região polar, sente pácas…) ou para o purgatório (que deve estar um pulgatório, cheio de pulgas e o cara vai saber o que é bom, 7 x 24 se coçando todinho…)…
    Mas o importante, é aqui, na terra. Se o cara for religioso, não vai sonegar, não vai roubar, não vai assaltar, nem se prostituir… não vai roubar a comida das criancinhas (a merenda escolar), não vai roubar a grana do povo (e meter nas cuecas e meias), nem vai superfaturar obras, roubando o dinheiro que devia ir para os pobre… Mas, se eles se confessam…pode! Além disso, são políticos, grandes empresários, gente de governo. A cada lei que assinam, a cada projeto que encaminham, a cada distribuição de verbas que fazem, o fazem em nome do povo, para o povo e pelo povo… e, como o povo é deus (se a voz do povo é a vos de deus, o povo é deus), a cada dia, o que fazem, fazem em, por e para deus….
    Se não tivessem religião, será que eles seriam tão honestos, bondosos, fiéis, corretos, dignos, e pa-pa-pa-e-pa-pa-pa…….

    craro knaum….

    A RELIGIÃO É PRECISA, A RELIGIÃO APROXIMA(-OS), A RELIGIÃO ACOBERTA-OS E PROTEGE-OS.
    ALÉM DA PROTEÇÃO DAS LEIS E DA COMPLACÊNCIA DO POVO E DOS SEUS COLEGAS DE GOVERNO, DE POLÍTICA, DE……DE……

    ORA….BOLAS!

    Ade Passos

  5. A religião encontra-se no meio de uma reta que no seu princípio está o homem e na sua outra extremidade o homem também está conjecturando, pensando, imaginando como é que é o crer, a fé em quem e porquê! Nessa luta nos encontramos e mais distanciamos um do outro do que aproximação nessa relação é obtida. A religião revela os iguais e os difertentes, segrega e não ecumeniza. Porque a religião revela a natureza humana: dos semelhantes e dos semelhantes localizados em uma extremidade da mesma reta em posições diferentes. Somos iguais desde que professemos a mesma religião.

  6. Acredito que quem aproxima(de DEUS),não seja a religião e sim a verdadeira palavra que é Cristo,só Ele tem o poder de aproximar o homem da verdade,do único e verdadeiro salvador que é Ele próprio através de sua palavra.Na mesma está escrito:E conhecereis a verdade e ela vos libertará.Só há libertação em Cristo,o Filho de Deus.Abraço!

  7. Senhores

    Se com a religião o mundo já está no que está imagina sem ela.
    Porém concordo que o fundamentalismos religioso radicaliza e separa as pessoas…esse fundamentalismo longe de nos referimos aos conhecidos fundamentalistas muçulmanos não fica muito longe atualmente dos nossos “cristãos” que “aceitam Jesus” e que desacatam todos os demais…
    No mais falta mesmo é respeito um com o outro, principalmente dos ditos “cristãos de bíblia debaixo do sovaco”. Esses são terríveis! Principalmente por que já estão “salvos” e veem os demais como lixo!
    Faço dois cursos de bacharelado em teologia, uma católica e protestante, na verdade para procurar ver um lado com a ótica do outro…
    Mas sinceramente, quanto mais me aprofundo e estudo, mais me decepciono!
    Maldito fundamentalismo!

    • Oi amigo, será que vc não está se contradizendo?
      Vc disse: “cristãos de bíblia debaixo do sovaco. Esses são terríveis…” vc fala de radicalismos, intolerancia e preconceito e ao mesmo tempo, entitula uma certa fé de “TERRÍVEIS”…Não entendi…Penso que temos o direito de discordamos sim dos outros, mas não temos o direito de ofender as pessoas que professam tal fé. Todos tem uma razão de ser tal qual como é…inclusive a ignorancia (não no sentido pejorativo da palavra) tem uma razão de existir.

      abraços!

  8. Na minha humilde opinião, religiões com pessoas sérias aproximam as pessoas.
    Pois são as pessoas que fazem as religiões.

    Cristo não deixou religião alguma, deixou seus ensinamentos.
    A igreja verdadeira para Cristo são as pessoas que tem fé nele.

    Mas como religião também tem o poder da persuasão, talvez hoje a maioria esteja cheia de pessoas que não querem saber de ensinar princípios justos e verdadeiros para as pessoas e querem sim persuadir para irem para o seu lado.
    Tudo isso baseado em interesses próprios.

    Saudações!

  9. EM TUDO QUE A HUMANIDADE JÁ DESENVOLVEU HÁ O MELHOR E O PIOR, SEGUNDO ALGUM CRITÉRIO, LOGO A RELIGIÃO NÃO FAZ EXCEÇÃO.
    Filtrar o significado mais profundo de cada um desses fenômenos é um dever do civilizado.
    PENSO QUE É MAIS SENSATO E CIENTÍFICO CRER QUE NÃO CRER, NA IMPOSSIBILIDADE DE PROVAS DEFINITIVAS PARA TODOS.
    O infinito está ai para nos desafiar a algo SUPERIOR.
    As melhores tradições, com seus melhores profissionais sempre trazem reflexões e prátricas verdadeiramente sublimes.
    É SÓ VERIFICAR CIENTIFICAMENTE.
    A PAZ DO SENHOR SOCIOLOGICAMENTE
    ZÉ CARLOS

  10. Religião origina se do latim “religare”, ou seja aquilo que liga. Liga a quem? A Deus…certamente.
    Penso que a religião não afasta as pessoas. O que faz as pessoas se afastarem é o preconceito, falta de conhecimento, e a intolerancia que são caracteristicas de pessoas independentementes, de sua fé que professa. Vale lembrar que a religião é uma invenção do homem. Não foi Deus quem a fez. Capricho do homem em criar um elo que liga a Deus, não. Creio na bíblia, em Jesus. Ele disse “Ninguém vm ao Pai (Deus) se não, por mim”…logo Jesus é a religião verdadeira.

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s