A propósito de Gilberto Freyre

Um dos trechos que mais chamou a atenção na leitura de Guerra e Paz* foi escrito pelo apresentador da obra, Luiz Costa Lima. Ele revela o “mistério” do campo intelectual. Comentando as reviravoltas sobre a recepção da obra freyreana, Lima refere-se à auto-estilização de Gilberto Freyre, fator contributivo às polêmicas interpretações e posicionamentos em relação a este autor e sua obra:

“Para aqueles que lhes eram conterrâneos, que podiam partilhar de sua convivência e escutar suas eventuais conferências, esta auto-estilização montada sobre uma vaidade gigantesca, tinha consequências opostas. Para os mais espertos, ali estava uma figura cuja sombra, qual mangueira frondosa, podia ser explorada ser explorada em benefício próprio. Em troca de elogios e cavações, a influência nacional de Freyre podia determinar um começo de carreira ou um bom posto na imprensa. Já os menos tortuosos ali reconheciam um exemplo a não seguir. Conquanto antagônicas, essas duas direções, de um estrito ponto de vista intelectual, eram igualmente funestas. Os espertos ganhavam posições, em troca porém da esterilidade que emprestavam à obra do protetor. Dos outros, basta dizer: convertendo o autor em contra-exemplo, era a toda a sua obra que se estendia o manto do desprezo”.**

Eis um exemplo ilustrativo sobre o funcionamento do campo intelectual. Embora em posições divergentes, apologistas e críticos nutrem-se e nutrem o campo a partir das interpretações formuladas neste. Os autorizados a falarem pelo campo imaginam preencher o hiato entre a obra e o leitor. Como se a sua intermediação fosse imprescindível para compreender o lido!


* ARAÚJO, Ricardo Benzaquen de. Guerra e Paz: Casa-grande e Senzala e a obra de Gilberto Freyre nos anos 30. São Paulo: Editora 34, 2ª. ed., 2005.

** Idem, p. 10.

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s