Notas do cotidiano

Há muito tenho o costume de anotar. É uma forma de conversar comigo mesmo. Não imaginava que um dia teria a possibilidade de fazer um diário virtual. De onde vem essa necessidade de registrar sensações, acontecimentos e coisas que nem sempre podem ser compartilhadas? Por que não deixar que a mente faça o seu trabalho e sobreviva apenas as memórias que selecionou? Por que esse apego ao passado? Sim, porque registrar é tornar possível o acesso às lembranças que o pensamento já deletou. Talvez seja uma forma de terapia!

Por outro lado, anotações podem ser perigosas. Como escreveu Dostoiévski, há segredos que não contamos nem para nós mesmos. As palavras têm o poder de abrir feridas que pareciam cicatrizadas. Por que correr o risco de sofrer com o que já passou? Pior: por que correr o risco de fazer outros sofrerem?

Há, porém, vantagens em anotar. Uma delas, quem sabe a mais importante, é aprender com as próprias reflexões. Conhecer a si mesmo talvez seja o maior desafio do indivíduo. Ao escrever instauramos o diálogo interior e produzimos um tipo de aprendizado que podemos denominar de “educação sentimental”. Escrever é também uma maneira de dialogar com os demais e de dar vazão às nossas angústias.

Por outro lado, há ideias, pensamentos, etc., que surgem no cotidiano e que se perdem no turbilhão das atividades que nos envolvem. Anotar é ter a possibilidade de retomar. As anotações constituem uma produção intelectual, um arquivo que serve como fonte para possíveis desenvolvimentos de textos, artigos, contribuições para a atividade docente, etc. Em suma, o hábito de anotar estimula a “imaginação sociológica” * – além de contribuir com a sanidade mental.

* Este conceito foi desenvolvido pelo sociólogo Wright C. Mills. Sugiro a leitura da sua obra “A imaginação sociológica” (Rio de Janeiro: Zahar, 1982), especialmente o apêndice “Do Artesanato Intelectual” (p. 211-243).

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s