Sobre debates

Primeiro, é preciso refletir bem sobre a palavra. Em geral, não há debate, mas sim uma espécie de reatualização da mesmice direcionada a um público de neófitos convertidos à nova fé e/ou de indivíduos passivos, cuja presença é “incentivada” por meios burocráticos (vide os eventos no campus).

Segundo, em geral não há debate entre os convidados que ocupam o lugar de fala. Partícipes do mesmo campo, mesmo quando divergem reforçam-se mutuamente. Seus desacordos não alteram a lógica da reafirmação do credo, antes confirma-o.

Terceiro, em muitos casos, o debate consiste simplesmente em ritual de convencimento. Aquele/a que ocupa o lugar de fala faz proselitismo, ou seja, pronuncia um discurso que não admite dúvida, cujo objetivo é consolidar certezas e conquistar novos prosélitos. Não raramente, atua como profeta que anuncia a boa nova, renova as esperanças.

Quarto, em geral o debate se resume aos debatedores, ou mais precisamente, aos protagonistas do evento. A quantidade de falantes e o tempo que lhes é oferecido, sem contar a vaidade e a indisciplina, faz com que não reste tempo para a participação do público ouvinte, ou que este seja exíguo.

Quinto, o debate não pressupõe o diálogo, mas sim a polêmica. Portanto, não se trata de uma conversa, mas de imposição de ideias. O debatedor não se moverá um milímetro da sua posição, ainda que adote ares de civilizado em relação a quem lhe conteste. De verdade, não escuta, não assimila o argumento. A fala do outro serve apenas para reforçar o que pensa e sua contra-argumentação é gestada seletivamente e ele mal consegue esperar que seu interlocutor conclua. Nestes casos, quando a polêmica se torna intensa, o público atua como claque. Os lados ficam delineados, as posições se estabelecem de forma excludente. Não há, portanto, debate.

 

Links conexos

Por que não aceitar comentários no blog?!
https://antoniozai.wordpress.com/2017/02/05/por-que-nao-aceitar-comentarios-no-blog/

Sobre o elogio, a crítica e a polêmica
https://antoniozai.wordpress.com/2012/09/22/sobre-o-elogio-a-critica-e-a-polemica/

Vale a pena polemizar?
https://antoniozai.wordpress.com/2011/10/15/vale-a-pena-polemizar/

Comente!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s