Sobre sonhos e muros: a classe operária em busca do paraíso

*“A carência daquilo que sonhamos não dói menos, ao contrário. Isto, portanto, impede que se acostume com a privação. Tudo o que fere, oprime e enfraquece deve desaparecer.” “O sonhar, sobretudo, sempre sobreviveu ao fugaz cotidiano individual” Ernst Bloch[1] No filme A classe operária vai ao paraíso (dirigido por Elio Petri, Itália, 1971)[2], Lulu Massa … Continue lendo Sobre sonhos e muros: a classe operária em busca do paraíso

Marxismo, ideologia e religião

*Jean-Pierre Vernant (1914-2007), intelectual de formação marxista, jovem comunista da Resistência Francesa durante a Segunda Guerra Mundial e membro do Partido Comunista Francês no pós-guerra, diferencia o “marxismo de Marx”, uma “metodologia crítica indispensável para colocar corretamente questões de história”, do marxismo como “catecismo revisto e corrigido, às vezes censurado, ao qual foi reduzido, primeiro … Continue lendo Marxismo, ideologia e religião

O Marxismo é Utopia?!

“Sem a função utópica, as ideologias de classe teriam chegado a ser meramente ilusão passageira, e não modelos na arte, na ciência e na filosofia”  Ernst Bloch[1] Para muitos, a pergunta não procede. Mas, como diria um personagem irritante de um programa humorístico sem graça, “Perguntar não ofende”. Isto não impede que os guardiões da … Continue lendo O Marxismo é Utopia?!

Martin Buber e o conceito de Socialismo Utópico

“Um dos capítulos do Manifesto Comunista que maior influência exerceram e continuam a exercer sobre as gerações foi intitulado “Socialismo e Comunismo Críticos-Utópicos” (p. 9).* Marx e Engels foram encarregados pela Liga dos Justos (Liga dos Comunistas) de elaborar o texto. A instrução é que constasse uma parte delimitando a “posição em face dos partidos … Continue lendo Martin Buber e o conceito de Socialismo Utópico

Religião e Ideologia

*A concepção religiosa dos “crentes em ideologias seculares” é sociologicamente determinista – mais do que isso, é mecanicista, pois imaginam que a religião é apenas reflexo da estrutura econômica. Sacrifica-se a dialética no altar da crítica à religião. Trata-se de um pensamento tosco e reducionista. Esquece-se, como afirma Berger, “que a mesma atividade que produz … Continue lendo Religião e Ideologia

Religião, Ideologia e Utopia

*Se a religião reflete os desejos humanos de uma sociedade essencialmente justa, realizável apenas ao nível do “céu”, isto é, post mortem – e, neste sentido, toma como inevitável a miserabilidade da vida terrena e a condição humana falível e imperfeita –, a ideologia política sacralizada inverte os pólos e afirma a possibilidade da utopia … Continue lendo Religião, Ideologia e Utopia