Parabéns, Corinthians! (O jogo como metáfora do campo)

Todos viram! O juiz errou feio na interpretação do lance que resultou no segundo cartão amarelo e a consequente expulsão do jogador corintiano. Só ele, em sua cega convicção, não viu! Ou melhor, viu errado! Já os filósofos antigos ensinam que os sentidos podem iludir a razão. Neste caso, porém, o árbitro poderia ter superado … Continue lendo Parabéns, Corinthians! (O jogo como metáfora do campo)

Sobre teses, dissertações e a mesmice como padrão

Ler dissertações e/ou teses é sempre um aprendizado – especialmente quando a escrita desafia as nossas certezas e instiga a reflexão. No mínimo, aprendemos ao nos depararmos com novas informações e/ou pelo estímulo à rememoração enriquecedora de conteúdos que pareciam esquecidos. Por isso, sempre agradeço com sinceridade pela honra do convite. Não obstante, confesso que … Continue lendo Sobre teses, dissertações e a mesmice como padrão

Eleições na UEM – Reflexões sobre o altruísmo!

No último vestibular da UEM a relação candidato/vaga para o curso de Medicina atingiu a marca de 351,4! É admirável a quantidade de indivíduos que desejam ser médicos.[1] Quero acreditar piamente que este desejo intenso, e quase impossível de realizar para a maioria dos concorrentes, deve-se ao amor pelo povo brasileiro, ao objetivo altruísta de … Continue lendo Eleições na UEM – Reflexões sobre o altruísmo!

Eleição para reitor na UEM: direitos iguais?!

No próximo 18 de agosto ocorrerá a eleição para a reitoria da Universidade Estadual de Maringá. Quatro chapas disputam o cargo máximo da instituição, a eleição é direta e pretensamente democrática. O colégio eleitoral é composto pelo conjunto dos docentes, discentes e técnicos administrativos (segundo dados divulgados pela imprensa local, são aproximadamente 20 mil alunos, … Continue lendo Eleição para reitor na UEM: direitos iguais?!

Lições Pedagógicas (3)

Avaliar é sempre algo muito complexo. Como mensurar conhecimento? Isto não parece um problema em áreas exatas ou nas chamadas “provas objetivas”. Contudo, mesmos nestas situações manifestam-se relações de poder* – as questões formuladas podem ter um grau maior ou menor de dificuldade e quem decide é o professor ao elaborar a “prova”; ou seja, … Continue lendo Lições Pedagógicas (3)

Estudante militante: é possível harmonizar estudo e militância estudantil?

O estudante militante é um aluno diferenciado. Ao contrário dos muitos que se dedicam com esmero e se concentram em passar de ano, ser aprovados e conquistar o prêmio merecido, o aluno-militante, em geral, desenvolve uma atitude crítica em relação à sociedade, à instituição universitária, ao curso e disciplina. Isto não significa que o acadêmico … Continue lendo Estudante militante: é possível harmonizar estudo e militância estudantil?

Lições da semana!

Aconteceu mais uma Semana de Ciências Sociais na UEM, denominada XI Seminário de Ciências Sociais. Realizada de 21 a 25 de outubro, esta edição teve como tema “Ciências Sociais em Foco: Faces do Brasil no Mundo Contemporâneo”. A Conferência de Abertura “Adentrando o século XXI: as manifestações populares no Brasil hoje”, foi pronunciada pelo Prof. … Continue lendo Lições da semana!