Uso temerário do Facebook

Ontem publiquei no Facebook algumas palavras retiradas de uma obra que li recentemente: “No amor da mulher há iniqüidade e cegueira com relação a tudo o que ela não ama. E também no amor consciente da mulher há ainda sempre agressão, tempestade e noite, ao lado da luz” (Nietzsche) “Por tempo demasiado na mulher se … Continue lendo Uso temerário do Facebook